titulo

Resultados da Busca

conteudo
Não foi encontrado nenhum resultado. Tente outras palavras-chave como PMO, Lean, etc.
Ocorreu um erro ao buscar. Tente novamente mais tarde.
Publicado em:
Tempo de leitura:5 minutos

A Liderança Em Empresas Ágeis e Inovadoras

Para desenvolver profissionais ágeis, inovadores e com estimulo de liderança, siga algumas estratégias do artigo da Ekantika!

Para Bill Joiner e Stephen Josephs, autores do livro Leadership Agility (2006), a agilidade é a habilidade de liderança mais importante na economia moderna. Para eles, menos de 10% dos gestores possuem agilidade suficiente para ter sucesso no longo prazo, e apenas 1% tem um alto desempenho.

O fato é que a maioria das empresas não desenvolvem profissionais ágeis e inovadores para o ambiente de trabalho devido a deficiência de líderes rápidos e com visão à frente para executar estratégias futuras.

Sabendo disso, a Escola de Inovação Ekantika trouxe algumas questões para tornar, de fato, uma empresa que gerencia em uma que saiba liderar. Confira!

Diferença entre liderança e gerência

Muitas pessoas confundem o termo de liderança com o de gerência. Embora sejam posições importantes dentro de uma organização, as duas palavras possuem significados diferentes.

Para o professor e consultor administrativo Peter Drucker, os líderes estão preparados para a mudança, para o inovador. Já os gestores, desejam a estabilidade. Além disso, um líder olha para o futuro do negócio, enquanto um gestor, está preocupado mesmo com o presente.

Entre as características que todo líder deve ter, podemos encontrar o foco em gestão de pessoas, originalidade, inovação, confiança e visão de longo prazo. Por isso, se o seu desejo é se tornar um profissional com características de liderança, siga as dicas abaixo:

Preze pela colaboração

Um líder deve saber analisar as competências de cada membro de sua equipe e assim, fazer com que contribua para o desenvolvimento de todos.

É essencial que ele tenha esse papel de mediador, ou seja, de conectar pessoas para alavancar o desempenho por meio das competências individuais de forma a potencializar o coletivo.

Pense em uma característica positiva de um colaborador seu, por exemplo, um ótimo relacionamento com os clientes. Que tal promover a integração do profissional com o restante da equipe? Assim, o que é uma vantagem competitiva para um, torna-se algo positivo para todos.

O Scrum, por exemplo, estimula o trabalho em equipe e ajuda os colaboradores a pensarem rápido e entregarem atividades em curto prazo. Além disso, a auto-organização e a responsabilidade começam a fazer parte da rotina de quem pratica.

Estimule a autoliderança

Para desenvolver a autoliderança de sua equipe use a técnica de feedbacks frequentes para despertar a capacidade de autodesenvolvimento nos seus colaboradores.

Essas conversas têm como objetivo trazer à tona práticas e atividades que deram certo e as que não deram tanto assim, para que o profissional tenha consciência se está seguindo pelo melhor caminho ou não.

Mas, o que isso tem a ver com o “despertar de liderança”? Quando você expõe atitudes de uma pessoa, a atenção sob seus pensamentos, emoções e ações despertarão e a capacidade de motivação para o autodesenvolvimento, pode levar a liderar.

O Accountability é uma forma de agir e pensar que desenvolve um comportamento diferenciado frente aos desafios, que estimula os colaboradores a saírem da “reclamação” e partirem para ação e, assim, assumir uma postura de liderança.

Para tornar sua organização ágil e inovadora, conte com a ajuda da Escola de Inovação Ekantika. Acesse o nosso site e conheça todos os cursos e workshops disponíveis para sua equipe!

 

Categorias e tags

Liderança Inovadora
Roberto Mosquera

Roberto Mosquera

Roberto Mosquera é consultor e facilitador em organizações ágeis e pensamento do design na Ekantika Consultoria. Especialista em Organizações Ágeis, Design Sprint, Scrum, Lean Startup, OKR e Planejamento Estratégico Ágil, liderou projetos de transformação organizacional e excelência operacional em grandes empresas dos setores aéreo, varejo, tecnologia, serviços, agronegócio e financeiro, com resultados tangíveis para o negócio e utilizando ferramentas de gestão, inovação e transformação. Scrum Master. Mestrando em Planejamento ágil pela FIA/SP e Economista com Especialização em Administração, Marketing de Serviços e Docência pela FGV/SP, Extensão em Modelos de Negócio e Design Thinking pela ESPM/SP.